A CDL de Criciúma encaminhou um ofício à Câmara de Vereadores solicitando a ampliação na divulgação de medidas preventivas no combate a Covid-19. A sugestão da entidade é utilizar os espaços publicitários já contratados pelo Legislativo e também a aplicação de novos recursos em campanha de conscientização da população para o cumprimento de medidas preventivas à doença em todos os ambientes da sociedade. É a segunda comunicação formal enviada pelos representantes do varejo ao Legislativo desde o início da pandemia.

Para a presidente da CDL, Andréa Gazola Salvalaggio é preciso considerar o retorno  do transporte coletivo em Criciúma e o consequente aumento da circulação de pessoas na cidade, o que tornam essenciais os cuidados individuais. Ela ainda destaca que o setor econômico não conseguirá suportar um novo fechamento de atividades. “A população de forma geral precisa ser continuamente conscientizada para a adoção de medidas preventivas, ao mesmo tempo sem gerar sensação de pânico”, reforça a presidente.

As entidades empresariais também têm investido esforços e recursos na conscientização de seus associados bem como no suporte para o enfrentamento à crise gerada pela pandemia. O investimento em ampla campanha de divulgação é para a entidade a melhor maneira de conscientização do cidadão criciumense sobre como proceder na permanência das atividades do comércio